Programação Geral
 

# Lançamento do Livro Estudos Métricos da Informação no Brasil: indicadores de Produção, Colaboração, Impacto e Visibilidade, de autoria da Dra. Ely Francina Tannuri de Oliveira, publicado pela editora Cultura Acadêmica, da Unesp.

CO = Comunicação Oral 

PK = Pecha Kucha (Comunicação Oral Curta) 

 

 

 

Comunicação Oral | pdf |

 

 

 

 

 

 

  

 

 

 | inicio da página |

 

 

Pecha Kucha | pdf |

 

 

 

inicio da página | 

  

Workshops  | pdf |

Sobre as inscrições nos Workshops:

A inscrição nos workshops ocorrerá somente no dia 17 de julho, das 13 às 16:30h, durante o registro no Encontro. Cada workshop terá até 30 participantes, sendo priorizados, nesta ordem: os autores, demais inscritos no 6oEBBC e externos (não inscritos). Dependendo da demanda, o número máximo de participantes poderá ser aumentado.

A inscrição terá uma taxa de R$ 25,00 por workshop, que custeará gastos extras com a realização deles. Para externos, a taxa é de R$ 50,00 por workshop. O pagamento deverá ser feito em dinheiro ou deposito bancário (no dia 17 de julho, o/a participante será orientado/a sobre como realizar esta forma de pagamento); estamos verificando a possibilidade de também aceitar este pagamento por cartão de crédito.

Todos os participantes receberão certificado específico pela participação no/s workshop/s.

 

WORKSHOP A : DEZ EXPERIMENTOS DE COLETA DE DADOS DA PLATAFORMA LATTES USANDO SCRIPTLATTES, Dr. Jesús P. Mena-Chalco.

WORKSHOP B: EXTRAÇÃO DE DADOS ALTMÉTRICOS DAS MÍDIAS SOCIAIS, Marcelo Alves dos Santos Junior.

WORKSHOP C: PATENTES COMO FONTE DE INFORMAÇÃO PARA PESQUISA: CARACTERÍSTICAS E MÉTODOS DE RECUPERAÇÃO, Dra. Fabrícia Pimenta.

WORKSHOP D: VISUALIZAÇÃO DE DADOS COM AS FERRAMENTAS VOSVIEWER E GEPHI, Dr. Fábio Castro Gouveia.

 

inicio da página |

 

 

WORKSHOP A : DEZ EXPERIMENTOS DE COLETA DE DADOS DA PLATAFORMA LATTES USANDO SCRIPTLATTES.

Responsável: Dr. Jesús P. Mena-Chalco, docente da UFABC.

Resumo: Diferentes instituições acadêmicas, grupos e pesquisadores no Brasil utilizam dados curriculares da Plataforma Lattes na elaboração de relatórios e prospecção da produção científica, orientações, projetos de pesquisa e de redes de coautoria. Nesse contexto, o scriptLattes, um software livre, tem sido utilizado para auxiliar a coleta automática dos dados curriculares. Neste workshop serão apresentados: (i) os detalhes por trás da concepção do scriptLattes, e (ii) dez experimentos de utilização para a prospecção de dados acadêmicos de currículos Lattes.


Referências:
J. P. MENA-CHALCO E R. M. CESAR-JR. scriptLattes: An open-source knowledge extraction system from the Lattes platform. Journal of the Brazilian Computer Society, vol.
15, n. 4, páginas 31--39, 2009.

J. P. MENA-CHALCO E R. M. CESAR-JR. Prospecção de dados acadêmicos de currículos Lattes através de scriptLattes. Capítulo do livro Bibliometria e Cientometria:
reflexões teóricas e interfaces São Carlos: Pedro & João, páginas 109-128, 2013.

E. A. HADDAD, J. P. MENA-CHALCO E O. SIDONE. Produção científica e redes de colaboração dos docentes vinculados aos programas de pós-graduação em Economia no
Brasil. Estudos Econômicos, vol. 47, n. 4, páginas 617--679, 2017.

 | voltar |

 

 

WORKSHOP B: EXTRAÇÃO DE DADOS ALTMÉTRICOS DAS MÍDIAS SOCIAIS
Responsável: Marcelo Alves dos Santos Junior, docente da ESPM.

Resumo: Leitura e compreensão de APIs públicas de coleta de dados. Elaboração e execução de queries. Técnicas de amostragem e de montagem de listas. Práticas de extração de dados de Facebook, Twitter e Youtube. Básico da limpeza e consolidação de dados. Operação do software de extração Facepager.

Referências:

ALVES, M. Coleta de dados em Mídias Sociais, In SILVA, Tarcízio; STABILE, Max. Monitoramento e Pesquisa em Mídias Sociais, Uva Limão, 2016.
LOMBORG, S.; BECHMANN, A. Using APIs for data collection on social media. The Information Society, v. 30, n. 4, p. 256-265, 2014.

THELWALL, M. et al. Do altmetrics work? Twitter and ten other social web services. PloS one, v. 8, n. 5, p. e64841, 2013.

voltar |

 

 

WORKSHOP C: PATENTES COMO FONTE DE INFORMAÇÃO PARA PESQUISA:
CARACTERÍSTICAS E MÉTODOS DE RECUPERAÇÃO.

Responsável: Dra. Fabrícia Pimenta, pesquisadora do CDTS, Fiocruz 

Resumo: O acelerado avanço das pesquisas científicas tem produzido uma intensa quantidade de dados, por vezes, não acessados eficientemente pela comunidade científica. Nesse contexto, a patente se apresenta como uma excepcional fonte de informação científica e tecnológica, por trazer a informação mais recente sobre o estado da arte, e ainda disponibilizar informações de caráter legal e comercial.
Apesar de todo potencial, seu uso tem sido ignorado pela maioria dos pesquisadores e docentes. O presente workshop busca trazer conhecimentos básicos para a compreensão desta tipologia documental com suas peculiaridades e idiossincrasias. E ainda, oferecer dados sobre os sistemas de patenteamento, nacional e estrangeiros, para que o usuário, pesquisador ou profissional da informação, possa assimilar e utilizar as diferentes bases de dados, de acesso público ou comerciais, de abrangência nacional ou mundiais, compreendendo suas limitações de uso e coberturas. E, para tal, serão apresentados exemplos de estudos de viabilidade patentária, de monitoramento tecnológico e de prospecção tecnológica, em bases tais como do INPI, EPO, USPTO e WIPO e outras bases comerciais. Assim, ao compreender a importância e o potencial dessa tipologia documental, o usuário poderá delinear a melhor estratégia para recuperação de dados em bases de patentes.

Referências: 

European Patent Office. Guidelines for Examination. Disponível em: https://www.epo.org/law-practice/legal-texts/html/guidelines/e/b.htm.


DELGADO, B. M. G. et al. Información de patentes: impacto en el acceso a los medicamentos. Revista Cubana de Información en Ciencias de la Salud, v. 26, n. 1, p. 3-
19, 2015. Disponível em: http://scielo.sld.cu/scielo.php?script=sci_arttextπd=S2307-21132015000100002.

PIMENTA, F. P. A patente como fonte de informação (des)necessária para a Biotecnologia em Saúde. Transinformação, vol.29, n.3, pp.323-332. 2017. Disponível
em: http://dx.doi.org/10.1590/2318-08892017000300009.

SIMMONS, E. S. ‘‘Black sheep” in the patent family. World Patent Information, v. 31, n. 1, p.11-18, 2009. Disponível em: http://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S017221900800104X.

World Intellectual Property Organization. PCT International Search and Preliminary Examination Guidelines. Disponível em: http://www.wipo.int/export/sites/www/pct/en/texts/pdf/ispe.pdf

voltar |

 

 

 

WORKSHOP D: VISUALIZAÇÃO DE DADOS COM AS FERRAMENTAS VOSVIEWER E GEPHI
Responsável:
Dr. 
Fábio Castro Gouveia, da Casa de Oswaldo Cruz, Fiocruz.

Resumo: Neste workshop falaremos sobre os recursos e diferentes formas de usar duas ferramentas de visualização de dados gratuitas. O VOSviewer, desenvolvido pela Universidade de Leiden e voltado especificamente para estudos bibliométricos, e o Gephi, uma ferramenta genérica para geração de grafos com diversos layouts e plugins disponíveis. Recomenda-se que os participantes venham com ambos os softwares instalados e que tenham uma amostra de dados para experimentar no dia, além da amostra didática que será oferecida.

Referências:
VAN ECK, N.J., & WALTMAN, L. (2007). VOS: a new method for visualizing similarities between objects. In H.-J. Lenz, & R. Decker (Eds.), Advances in Data
Analysis: Proceedings of the 30th Annual Conference of the German Classification Society (pp. 299-306).[preprint disponível em: http://hdl.handle.net/1765/7654
]


BASTIAN M., HEYMANN S., JACOMY M. (2009). Gephi: an open source software for exploring and manipulating networks. International AAAI Conference on Weblogs and
Social Media. [Disponível em: 
http://www.aaai.org/ocs/index.php/ICWSM/09/paper/view/154]

 

voltar workshop|

 

 

inicio da página |